Calcular Adicional Noturno

Calcular adicional noturno – O trabalho noturno costuma ser mais desgastante e prejudicial à saúde, por isso é um direito do trabalhador, seja ele urbano ou rural, de receber o adicional noturno e ter o horário de trabalho reduzido.

Mas há pessoas que não sabem muito bem sobre esse benefício e, por isso, neste artigo você vai entender o que é e como calcular adicional noturno.




O que é adicional noturno?

Adicional noturno é um benefício de 20% a mais sobre o valor-hora diurno normal e concedido a pessoa que trabalha à noite, seja esse o seu horário normal ou hora extra (quando ultrapassa as horas estabelecidas).

Adicional noturno é, portanto, um direito do trabalhador presente no artigo 7, inciso IX da Constituição Federal.

Calcular Adicional Noturno

Regras do adicional noturno CLT

Pelas regras das Consolidações das Leis Trabalhistas, para a pessoa ter direito ao adicional noturno é preciso que o horário de trabalho urbano compreenda de 22 horas às 5 da manhã.

Para ser computado como 1 hora trabalhada, é levado em conta 52 minutos e 30 segundos, que pela lei representam 60 minutos do horário normal.

Já para os trabalhadores rurais a jornada de trabalho é diferente, veja:

  • Trabalhadores da lavoura – de 21 horas às 5 da manhã;
  • Trabalhadores da pecuária – de 20 horas às 4 da manhã.

Ou seja, mesmo que o trabalhador urbano inicie o trabalho às 20 h, por exemplo, ele só poderá calcular o adicional noturno em cima das horas trabalhadas a partir das 22 h.

Qual o valor do adicional noturno?

O adicional noturno tem um acréscimo de 20% sobre o valor-hora trabalhada durante o dia.

Caso a pessoa trabalhe mais do que o horário noturno normal (chamado de hora extra), o adicional noturno será dado sobre a hora extra e as horas normais de trabalho à noite.

O adicional noturno precisa constar no contracheque, tanto para esclarecimento contábil, quanto para o caso de haver necessidade de entrar com uma ação judicial, se o empregado não receber os valores devidos.

Calcular adicional noturno

A hora noturna consiste em 7 horas trabalhadas, e se o empregado trabalhar além disso será considerado hora extra.

Para calcular o adicional noturno, vamos considerar um salário de R$ 1.100, 00, com uma jornada de 220 horas mensais (equivalente a 44 horas semanais). Chegamos a um valor de R$ 5,00 por hora.

Agora, para descobrirmos o valor do adicional noturno, basta acompanhar o cálculo abaixo:

  • (Salário) R$ 1.100 / 220 horas = R$ 5,00 a hora trabalhada.
  • R$ 5,00 x 20% (adicional noturno) = R$ 1,00.

Cada hora noturna tem um bônus de 1,00 além dos R$ 5,00 que cada hora de trabalho corresponde, isto significa que:

  • R$ 5,00 + R$ 1,00 = R$ 6,00 (valor da hora noturna)

Portanto, se o empregado trabalha 70 horas por mês, ele receberá o acréscimo de R$ 1,00 (que são referentes aos 20% do adicional) sobre as horas trabalhadas:

  • R$ 1,00 x 70 h = R$ 70,00

Concluindo, o empregado receberá R$ 1.100,00 como salário normal + R$ 70,00 pelas horas trabalhadas durante a noite, totalizando R$ 1.170,00 pelo mês trabalhado.

É importante saber que todo trabalhador — com jornada de trabalho à noite — tem direito ao adicional noturno, mas caso você não receba é importante comprovar o trabalho noturno para fazer a cobrança retroativa de até 5 anos antes de entrar com uma ação judicial.

Gostou das dicas sobre calcular adicional noturno? Então compartilha com seus amigos e deixa sua avaliação nas estrelinhas abaixo.

Veja também