Cálculos Cálculos Financeiros

Como Calcular IPTU

Saber como Calcular IPTU é muito importante – O Imposto Predial e Territorial Urbano (Wikipedia), mais conhecido como IPTU, é um imposto cobrado dos cidadãos brasileiros que são donos de algum imóvel urbano, como casa, sala comercial, apartamento, entre outros.

O imposto foi criado em 1966 pela Lei nº 5.172 do Código Tributário Nacional e pode ser cobrado tanto de pessoas físicas como jurídicas. O intuito do IPTU é a arrecadação pelo governo para investir na sociedade em saúde, educação, segurança etc.






Veja abaixo quais são os passos necessários para calcular IPTU corretamente.

Como é calculado o IPTU

Cada município tem um valor para cobrar o IPTU dos seus moradores.

Contudo, a fórmula geral da cobrança é feita de acordo com o valor venal do imóvel, que é calculado pela Planta Genérica de Valores Imobiliários, o PGVI da cidade.

No PGVI de cada cidade está registrado o preço médio do metro quadrado de cada parte do município, ou seja, para o cidadão descobrir quanto deverá pagar de IPTU, ele deverá pegar o valor venal do seu imóvel e as alíquotas da legislação do seu município e fazer o cálculo de quanto vai pagar de imposto.

Cada região da cidade é avaliada de uma forma detalhada.

Os avaliadores da prefeitura definem o valor de acordo com a infraestrutura ou precariedade do local.

Calcular IPTU

Calcular IPTU

Na teoria o valor do IPTU era para ser reajustado todo ano, porém por ser um imposto muito polêmico, algumas prefeituras demoram para fazer aumentos.

Por isso muitos imóveis tem um valor venal bem diferente do preço avaliado pelo mercado.

Como Calcular IPTU Corretamente

Mesmo sendo um imposto municipal, a fórmula para calcular IPTU de cada cidade é a mesma usada no país todo.

Porém, cada município tem um valor da alíquota diferente e cada região da cidade tem um preço médio por metro quadrado, de acordo com os investimentos de cada parte do município.

É muito importante que os cidadãos saibam calcular o valor do seu IPTU para que não paguem nenhum valor indevido ou abusivo.

Primeiramente o morador precisa entender que o valor venal da sua propriedade é o cálculo principal do imposto.

O valor venal é o preço que o poder executivo municipal estipula como o valor do imóvel com base nos metros quadrados construídos que a propriedade possui mais o preço sugerido pelo metro quadrado do bairro ou região.

Se o valor do metro quadrado do seu bairro é de R$500,00 reais e a área construída da sua casa é de 200 metros quadrados então multiplicamos 500 vezes 200 que é igual a 100.000, ou seja, o valor venal do seu imóvel é de R$100 mil reais.

Então se o valor venal do imóvel é de R$100 mil reais, basta agora descobrir a alíquota da região do seu município.

Essa alíquota vai analisar o tipo de imóvel – se é residencial, comercial ou lote – e a estrutura do imóvel, como os materiais usados para a construção da propriedade, a fachada, entre outros.

Se a alíquota do local do imóvel é de 1%, o proprietário irá pagar de imposto 1% do valor venal, então o valor do IPTU é de R$1.000 reais.

[VÍDEO]

Abaixo veja um vídeo encontrado no Youtube sobre o assunto de como calcular IPTU. É um vídeo bem explicativo e com ótimas dicas, aproveite!

O que fazer se o valor cobrado pelo IPTU for injusto?

Quem acredita que o valor do IPTU está indevido, abusivo ou injusto deve primeiramente fazer uma reclamação administrativa direto na prefeitura do município em que se localiza o imóvel.

Caso não consiga sucesso nesta reclamação, o proprietário pode contratar um advogado para interpelar na justiça a contestação do valor cobrado.

Gostou de calcular IPTU?

Gostou? Essas foram as nossas dicas sobre Como Calcular IPTU, você tem algum outra dúvida? Então deixa nos comentários abaixo e compartilhe o post nas redes sociais.

Como Calcular IPTU
5 (100%) 27 votos